domingo, 29 de junho de 2014

Coisas que nunca devíamos ver #1



Como assim o Macgyver não consegue arranjar o carro? É que eu já nem falo que ele ficou gordo e velho, porque enfim o tempo não perdoa.. Mas o MacGyver não conseguir arranjar um simples carro destrói por completo todas as ilusões de quem cresceu a ver o heroísmo dele...
(E sim eu sei que era uma simples série, mas quem é que nunca sonhou ser como ele e safar-se de tudo??)
Desilusão total... :'(

sábado, 28 de junho de 2014

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Pense antes de falar...

Nunca passei por nada parecido e sempre me senti a rainha da escola mas infelizmente são cada vez mais e mais os casos de crianças que perdem a auto estima por causa de meia dúzia de anormais que acham divertido gozar e humilhar as outras pessoas.
O mais triste para mim em tudo isto, é que muitas das pessoas que cometem bullyng não param para pensar no que estão a fazer, vão atrás daquela meia dúzia de gente má (porque sim, existe gente má) e não usam o próprio cérebro para pensarem nos efeitos daquilo que estão a dizer. Sou da opinião que se os professores levassem o problema a sério e conversassem  com os alunos 90% dos casos de bullyng desapareceriam.
Mas enquanto isso não acontece vejam e partilhem o video, talvez ele chegue a alguém que até tem cérebro mas não o usa e a pessoa perceba o mal que está a fazer a alguém...


terça-feira, 24 de junho de 2014

Quem sou eu?

Sou complicada, tão complicada que às vezes nem eu me entendo...
Tenho tendência para exagerar e ver problemas onde eles não existem, faço “filmes” enormes só com duas frases de guião, não consigo esquecer algo que eu não entenda e preciso de tentar todas
as alternativas antes de desistir de algo que queira.
Lasanhas tiram-me do serio, adorooooooo, sou uma espécie de Garfield em versão humana (comer lasanha, dormir, ver televisão e fazer asneiras..).
Os meus amigos são parte indispensável da minha vida, adoro passar tardes inteiras a rir com eles, mas por vezes preciso dos meus momentos sozinha, de estar no meu canto e por as ideias em ordem, de ir ate á praia e olhar o mar...
A vida ensinou-me que por vezes as pessoas vão embora sem terem tempo de dizer adeus, com isso aprendi a valorizar ainda mais aqueles que amo e a nunca me esquecer de lhes dizer o quanto eles são importantes para mim, não sei o que pode acontecer amanha e se um dia a vida me trocar as voltas eu quero ter a certeza que eles sabiam a importância que tinham na minha vida.
Eu sei que não importa as vezes que eu caia porque eu vou sempre arranjar uma forma de me levantar e superar. O fundo do poço existe mas eu nunca fico lá muito tempo, o meu sorriso é a minha maior característica, no entanto sou como toda a gente e às vezes esqueço-me de sorrir, mas como já disse nunca por muito tempo.
Sou demasiado sincera e por vezes demasiado frontal, não gosto de cobardes, dou-me mal com fracos e tenho alergia a mentirosos, portanto no meu mundo não há lugar para eles, tudo o que eu faço eu assumo, por isso cobardes que não assumem os próprios actos é algo que realmente me irrita.
Como eu já disse os meus amigos são parte de mim e eu estou sempre pronta para limpar as lágrimas deles, mesmo que as minhas estejam a cair.
Sou mais orgulhosa e mais teimosa que uma mula, dar o braço a torcer e pedir desculpa são sacrifícios enormes para mim, mas se errar admito e se tiver de pedir desculpa peço.
A frase do meu signo é "eu quero" e eu sou exactamente assim.
O meu clube é tudo, para mim é simplesmente o melhor e eu tenho muitoooo orgulho nele, Sporting sempre…
No fundo eu sou apenas a "menina crescida" que nao tem medo de
viver, de sonhar e de tentar, mesmo que isso implique cair e falhar, ensinaram-me que mais vale tentar e falhar do que olhar para trás e pensar "e se eu tivesse arriscado?"
Eu sou apenas eu, sem medo da vida e com todos os sonhos do mundo.. :P


Escrito algures no tempo do hi5, ahahah

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Roxa de inveja :D

Eu tenho mais livros que espaço (na ultima vez que actualizei o ficheiro com os livros que tenho ia quase em 700 livros) e sonho muitoooo que um dia vou ter uma divisão só para colocar livros (uma espécie de biblioteca em casa) mas enquanto isso não acontece fico aqui "roxa de inveja" a ver imagens de gente que tem muitooo espaço para guardar os seus livros, hoje decidi deixar-vos "roxos" também e mostrar-vos quatro imagens que me fazem desejar (mais do que habitualmente) ganhar urgentemente o euro milhões e montar o meu espacinho de livros...





Destas todas a minha favorita é aquela em que os livros estão ordenados pela cor da capa, acho uma ideia linda e visualmente fica fantástico, não ia resultar comigo que gosto das coisas ordenadas por ordem alfabética mas para quem não é tão compulsivo como eu, acho fantástico.

E vocês de qual gostaram mais?

terça-feira, 17 de junho de 2014

Séries - Chicago Fire


Comecei a ver esta série porque passava na tvi e apaixonei-me muito pelo Severine (já era pelo Casey desde House), eu até acho mais piada a loiros de olhos claros mas nesta série o Severine é muito amor no coração, o homem é PERFEITO mas seguindo para o que interessa.

A série gira em torno de um quartel de bombeiros e dos chamados a que eles respondem, ou seja, todos os episódios temos uns quantos dramas diferentes, além disso todo o elenco é muito bom (não gosto muito do capitão do batalhão mas é o único que não me conquistou ainda).
A primeira temporada passou na tvi e eu já devorei a segunda claro (só tem duas temporadas até agora) e se a primeira nos conquista, meus amores, a segunda prende-nos completamente, é cada episódio melhor do que o outro, cada drama melhor que o anterior e o final da segunda temporada é de nos deixar de cabelos em pé, fiquei mesmo "como assim agora tenho que esperar meses para saber quem se salvou?".

Resumindo é fantásticaaaaaaaaaaaaaaaa esta série e recomendo muitoooo.
Preparem-se é para morrer de amores pelo Severine ;)

domingo, 15 de junho de 2014

Costume não, BARBARIDADE

Há coisas na vida que nem que nasça dez vezes vou entender e as touradas são uma delas...
Como pode alguém sentir prazer ao ver um animal ser torturado?
Como pode alguém achar que é normal espetar farpas afiadas nas costas de um ser vivo?
Como pode alguém defender que aqueles animais não sentem e não se importam? Ou mesmo que esse é o papel deles?
Neste pais as pessoas ficam revoltadas com os salários dos políticos (e com razão) mas não ficam revoltadas com o facto de as touradas receberem todos os anos milhões de euros dos cofres públicos, milhões que podiam estar a ser investidos em saúde, educação ou até simplesmente a evitar cortes mas não, as pessoas continuam a ir a uma arena ver animais serem torturados...

Não sou de todo adepta da violência mas confesso que sempre que alguém defende uma tourada sinto um desejo profundo de lhe espetar uma bandarilha para que depois ela tenha argumentos para me dizer que "o touro não sofre"...


quarta-feira, 11 de junho de 2014

Vamos lá?


Não há nada melhor no mundo do que ser feliz por isso hoje vamos todos ser felizes e gostar da minha página no facebook?
Há por lá muitas imagens fofinhas como a de cima para se rirem e partilharem a vontade.
Vá lá é só carregarem aqui e depois clicarem no gosto.

Estou à vossa espera.

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Fitness #6

Esta semana nem era para fazer este post porque realmente não há nada a escrever mas.. pronto, vamos lá actualizar-vos de que não fiz nada esta semana :X

Na segunda feira passada durante o treino magooei o músculo da coxa, nem sei como é que a fiz a coisa mas as tantas senti uma dor no músculo que sabia que não era cansaço, continuei o treino e esperei que no dia a seguir já tivesse passado, mas não passou.
Andei a terça e a quarta a por gelo e a dor foi diminuindo, mesmo assim ainda sentia as moinhas na quinta e na sexta e por isso optei por não esforçar o músculo.
Resumindo só treinei na segunda feira.
Hoje já não sinto nenhuma dor e espero que ela não volte durante o treino, veremos.

Quanto ao peso cheguei aos 48kg, continuo sem peso de gente mas pelo menos já são mais 3 quilos do que quando comecei os exercicios, tendo em conta que quero pelo menos chegar aos 53kg, ainda tenho um longo caminho pela frente.

E a vossa semana de treino, como correu?

domingo, 8 de junho de 2014

Não sofro mais...

Intro:
 Enquanto apagava alguns post's no blog antigo, cheguei à conclusão que não queria apagar os meus "segredos", porque foram uma parte de mim em algum momento da minha vida e porque sei que serão parte de alguém em algum momento da vida deles.. Para que percebam que não estão sozinhos neste mundo louco do amor...

Voltas e voltas que não entendo e que me confundem, atitudes que me magoam e me fazem sentir perdida, caminhos que se abrem para se fecharem logo a seguir...
Ensinaram-me que somos responsáveis por tudo aquilo que cativamos mas parece que se esqueceram de ensinar isso aos outros.
Há mentes que escapam à minha compreensão, atitudes que não entram nos meus padrões de normalidade, coisas que não consigo descodificar.. nunca entendi, talvez nunca entenda o motivo de certas pessoas aparecerem nas nossas vidas, revirarem tudo e depois partirem outra vez, com a mesma leveza com que entraram sem sequer perceberem os danos que causaram.
Não sei se as podemos acusar de alguma coisa, não acredito que o façam por mal, mas dói quando alteram o nosso mundo inteiro e depois dizem "não posso, desculpa", como se as desculpas curassem o vazio que fica quando elas vão embora, como se as desculpas nos fizessem esquecer o seu toque e o seu beijo, como se as desculpas evitassem as lágrimas que choramos durante noites seguidas... se não sabias, eu digo-te, as desculpas não evitam nada, a dor fica cá à mesma e o sentimento de vazio permanece.
Dizer a outra pessoa que gostamos dela tornou-se banal, dizem-nos que gostam de nós sem perceber o impacto que isso causa cá dentro, não quero ouvir frases feitas, quero ouvir verdades incontestáveis que não se alterem de um dia para o outro, não quero alguém que nunca falhe e que nunca tenha medo, quero apenas alguém que saiba enfrentar os próprios medos e tenha coragem de me dizer na cara todos os motivos que o levam ou não a partir.. "não gosto de ti", "gosto mas não o suficiente", "não tenho saudades tuas quando estou longe de ti", há frases que doem sim, mas que precisam de serem ditas, a verdade completa é melhor do que meia verdade ou meia mentira "gosto de ti mas tenho medo", "gosto de ti mas não tenho tempo", "gosto de ti mas não te ia conseguir dar tudo o que mereces".. verdade? mentira? talvez metade de ambas, mas estas são frases que enganam, que alimentam sentimentos e eu estou farta destas frases, já disse e repito, quero verdades incontestáveis, farta de sussurros ao ouvido com “gosto de ti” e depois de mensagens “ah e tal não pode ser”, farta que o meu mundo esteja todo revirado por quem não sabe qual o papel que quer ocupar, se de amor, se de amigo, cansada destas indecisões, decide-te caramba, decide-te e diz-me a verdade nos olhos porque sabes que mais? “não sofro mais, não tenho tempo.”

13 de Dezembro de 2007

sábado, 7 de junho de 2014

Nuno Guerreiro - Tento saber



"Pode parecer que sou livre mas eu estou preso a ti, às vezes disfarço e não consigo mas eu só penso na hora em que estás aqui..."

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Como acabar com um namorado "psicopata"

O titulo pode fazer rir mas o assunto é bem sério.
Incrivelmente são cada vez mais os namorados/as malucos do que os normais. Seria de pensar que estamos a evoluir e que se aprenderia a respeitar o ser humano e a perceber que ninguém é propriedade de ninguém mas parece que é exactamente o contrário, são cada vez mais as histórias de namorados possessivos, ciumentos, que batem nas namoradas e começa tudo cada vez mais cedo e é importante estar atenta aos sinais, porque eles existem, estão lá desde o começo, nós é que por vezes não os queremos ver.

- Namorado ciumento é fogo, mas existem dois tipos de ciume, o ciume de amor e o ciume de loucura. Namorado que proíbe de usar decotes, que se não recebe resposta às mensagens em dois minutos já está a acusar de estarmos demasiado ocupadas com "alguém", que discute porque um amigo mandou um beijo no facebook, que quer saber onde estamos, com quem estamos, a fazer o quê, quanto tempo vamos demorar, se estamos só com um amigo e por ai fora, decididamente não é normal. Namoro implica confiança e se a confiança não existe então o melhor é acabar rapidamente.
- Namorado que exige TODA a nossa atenção, que fica chateado se estivermos ao lado dele a falar com outra pessoa, que não suporta que mandemos mensagens na presença dele, que controla o nosso telemóvel para ver a quem ligámos, de quem recebemos mensagens, que quer apagar os nossos amigos.. sério.. mais uma vez digo, ciúmes toda a gente tem mas sentimento de posse não tem nada a ver com ciúmes é algo bem diferente.
- Se nós descombinamos - ou não combinamos - algo ele fica furioso, diz logo que não o amamos o suficiente e blá blá blá mas se ele descombina é algo normalíssimo, mesmo que esteja combinado há séculos, e senão entendemos isso somos egoístas e todo o role de coisas más. Nós temos sempre de respeitar o espaço dele mas ele nunca respeita o nosso.
- Namorado que grita a torto e a direito... discussões todos temos e de vez em quando todos levantamos o tom de voz mas gritar constantemente por coisas de nada, só para impor a sua pseudo superioridade/autoridade não é normal.
- Esta é muito óbvia, se ele vos levanta a mão então alguma coisa vai muito mal, não importa senão chegou a bater, se levantou a mão para vos intimidar é porque realmente lhe passou pela cabeça bater-vos. Pior ainda é quando ele realmente vos bate, bateu uma vez? Podem ter a certeza que vai bater outra vez, foi só um estalo? E depois? É agressão na mesma e NADA a justifica, estalos, apertões de braços, apertos de pescoços, isto é violência e NÃO pode ser tolerada.
- Agressões verbais do estilo "estás feia", "estás gorda", "ninguém gosta de ti a não ser eu", "se não ficares comigo mais ninguém te vai querer" e por ai fora, tudo isto tem como objectivo deixar-vos na merda, tornar a vossa auto estima baixíssima para vocês dependerem dele e não se conseguirem soltar por acreditarem realmente que ele é a vossa única esperança. Mas acreditem mesmo com a auto-estima no zero, é mil vezes preferível ficar sozinha do que com um tipo destes.

Então e quando se percebe que temos um "psicopata" como namorado, o que fazer?
O melhor de tudo é acabar de imediato o namoro, se é psicopata ao fim de uma semana, de um mês, de um ano, não importa, assim que percebemos a pessoa que temos ao nosso lado o melhor é por um fim IMEDIATAMENTE mesmo que se goste muito dele. Se vai ser fácil? Não, ele vai-vos perseguir, ameaçar e fazer tudo o que puder para vocês voltarem para ele e isso vai durar até eles acharem outra "vitima".
Então como fazer? Primeiro que tudo devem contar imediatamente aos vossos pais e amigos o que se passa, não importa se tem 15, 20 ou 30 anos, é importante avisarmos as pessoas que gostam de nós do que se está a passar para que elas nos ajudem e nos protejam. Segundo, não importa se ele ameaça explodir o mundo se vocês não lhe responderem às mensagens, se ameaça dormir à vossa porta se vocês não descem para falar com ele, não importa, não podem ceder, cada vez que cedem e respondem ou cada vez que cedem e se encontram com ele só lhe estão a dar forças para continuar. Não tenham medo de mandar o vosso amigo mais forte falar com ele, este tipo de gajo é em 99% dos casos um cobarde que só bate e levanta a voz para raparigas com medo dele. Se conhecerem os pais dele não se inibam e contem o que se passa, contem-lhes que acabaram o namoro e que ele vos persegue - muitas vezes este tipo de pessoa conta uma versão totalmente diferente aos pais, ou não contam que acabaram o namoro ou contam que acabaram e estão a sofrer horrores e estão apenas a lutar por vocês que são a mulher da vida dele - se os pais souberem o que se passa são menos uns a apoiar as loucuras dele.
Caso se sintam realmente ameaçadas não hesitem em fazer queixa na policia, não tenham medo de o fazer, se o problema existe ele tem de ser encarado de frente, a culpa de ele ser um psicopata não é vossa e vocês tem de se proteger dele.
Se ele sabe alguma coisa que vocês não querem que mais ninguém saiba e ele vos ameaça constantemente com isso talvez esteja na hora de vocês mesmas contarem às pessoas esse "segredo" que escondem, desta forma ele perde os trunfos que tem contra vocês, nenhum segredo vale o risco de ter de aturar um "psicopata" e os nossos pais/amigos vão continuar a gostar de nós quer se tenha uma divida de 10 mil euros ou se tenha mentido que se está na faculdade, ou se confesse que afinal usámos o dinheiro da carta para comprar roupa, etc etc etc.. Mais vale contar duma vez e enfrentar a ira familiar do que um namorado que a qualquer momento perde o juízo e nos mata - a sério, hoje em dia ninguém é inofensivo o suficiente para pormos as mãos no fogo de que nunca vai cruzar a linha da loucura total.

E pronto é isto, olhos bem abertos em quem tem ao vosso lado e se tiver todos estes sinais por favor, saiam dessa relação, por bem da vossa saúde mental e física não deixem que ninguém vos maltrate por muito que se goste da pessoa, vocês são sempre mais importantes.


terça-feira, 3 de junho de 2014

Séries - Criminal Minds

Já vos falei da minha série favorita ever (aqui) e hoje venho falar da minha segunda série favorita: Mentes Criminosas.

Acho que não deve haver ninguém que não conheça a série mas cá vai a dinâmica da mesma: são 6 agentes da Unidade de Análise Comportamental do FBI que investigam assassinatos auxiliados por uma super técnica de informática.

Eu adoro a dinâmica da coisa e como eles se completam uns aos outros (e como o Morgan é deliciosamente hot) mas de vez em quando farto-me um bocadinho de ser a Garcia (a técnica de informática) a acabar por desvendar os casos, porque se é verdade que são eles que fazem os perfis dos criminosos e lhe dão os dados com que ela deve "jogar" também é verdade que é sempre ela que descobre o nome do assassino.
Como é que será que esta unidade funcionava antes da "expert"  Garcia?
Não faço a mínima mas também não seria a mesma coisa sem a baby girl :p

A série conta com 9 temporadas e eu já as vi todas (o que quer dizer que é como se tivesse gasto uma semana, um dia e 18 horas da minha vida a ver esta série).
Tenho-vos a dizer que os dois últimos episódios da 9ª temporada estão MUITO bons.

No meu ranking de séries esta é sem dúvida a que ocupa o segundo lugar (e a partir daqui todas as outras de que falar tem lugares variados dependendo da qualidade da temporada em questão. Só sou absolutamente fiel a Bones e a Criminal Minds.. ahahah)

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Fitness #5

Esta semana mudei o meu treino, vocês já devem ter percebido que eu enjoo muito rápido da mesma rotina de exercícios e por isso de vez em quando tenho que alterar a coisa para não sentir que estou sempre a fazer o mesmo.
Portanto nesta semana que passou retirei os treinos da manhã (treinei apenas uma vez por dia) e transformei os treinos da tarde em treinos muito "punk's".

A rotina de exercícios passou então basicamente a ser 5 km sendo que introduzi a corrida em TODAS as voltas, ou seja, ando metade da volta e corro a outra metade.
Notei que a minha resistência está bem melhor do que no inicio dos treinos mas ainda tenho um longo caminho para percorrer até conseguir fazer 10km a correr como algumas senhoras com idade para serem minhas avós fazem lá no circuito.

Outra coisa que mudei foi a ordem das maquinas, antes fazia todas as maquinas de seguida e agora faço uma maquina por volta, como as maquinas não me deixam cansada desta forma eu consigo diminuir o tempo em que estou com a frequência cardíaco em modo "normal" e aumentar o tempo em que estou a morrer de cansaço (masoquista já sei).

E por fim introduzi MUITOS exercícios nos bancos la do circuito, subo e desço aquilo o maximo de vezes que consigo por volta (em dois exercícios diferentes), depois faço uma série de agachamentos (em quatro tipos diferentes) e depois morro, ahahah...

Então basicamente em cada volta ando meio quilometro, faço uma maquina, mato-me nos bancos e corro meio quilometro.
Resultado quando o treino acaba estou completamente ko, juntando a isso coloquei alguns exercícios com pesos que faço antes de me deitar.

Resultados:
Continuo sem telemóvel (post sobre o assunto em breve) e por isso esta semana também não há foto, espero que para a semana as fotos (e o instagram) voltem.
Mas indo aos resultados noto que as pernas ficarem mais firmes com este treino (e pode ser só imaginação minha) e que os músculos começam a ficar mais realçados, mas ainda tenho muito caminho pela frente para atingir as minhas pernas de sonho.
Quanto à barriga como não fiz muitos exercícios onde os músculos dela entrem notei que deu uma ligeira redução na definição da pobrezinha, tenho de pensar em alguns exercícios para juntar a esta nova rotina e que definam alem das pernas, a barriga.

Quanto à balança, ela diz que eu perdi meio kilo terei de ter uma conversa com ela para ela perceber que esse não é o meu objectivo. ahahah :p

E o vosso treino como vai?
Beijoooo.

domingo, 1 de junho de 2014

A pessoa certa...

A pessoa certa é aquela que atura crises de tpm sem querer fugir, que não se importa se naquele dia não nos apetece tirar o pijama, que nos abraça quando choramos mesmo que as lágrimas sejam por um filme tosco. A pessoa certa é aquela que não se importa que tenhas amigos porque sabe que o lugar dele é especial e não é "ameaçável" mas que mesmo sabendo isso não te toma como garantida, é aquele que pode sair até de manhã com os amigos mas mesmo assim acorda para te mandar uma mensagem de bom dia ou boa sorte.. A pessoa certa é aquela que não trai só porque andas stressada e não fazes sexo há uma semana, é aquela que não se importa se engordaste um quilo ou perdeste meio quilo, que quando olha para ti vê muito mais do que um aspecto físico.
É aquela que te dá a mão no meio dos amigos, que te abraça sem medo de parecer tolo, que não tem problemas em assumir ao mundo inteiro que gosta de ti...
E a pessoa certa não é aquela que nunca falha, que nunca erra, que nunca chora, que nunca quebra, que nunca mente, que nunca desilude, a pessoa certa é humana, vai falhar, vai errar, vai chorar, vai quebrar, vai mentir - porque toda a gente mente, vai desiludir porque ninguém é perfeito.. mas mesmo depois de tudo isto vai continuar a querer estar convosco, não vai fugir porque viram a sua vulnerabilidade, vai assumir que não é perfeito - mas é fiel.
E a pessoa certa, não bate, não humilha, não agride, não grita que além dela nunca ninguém vai gostar de nós, a pessoa certa respeita, apoia, ama...
Não existem príncipes nem princesas, não existem pessoas perfeitas, mas existem pessoas certas.. e um dia todos nós achamos a nossa..é só esperar e quando ela aparecer nós vamos saber com cada pedacinho do nosso ser que aquela é a nossa alma gémea...