quarta-feira, 30 de março de 2016

Há lutas que não se podem ganhar...

Às vezes por mais que custe temos que aceitar que o amor não chega, temos de deixar partir, fechar a porta, dar a história por encerrada.
Às vezes temos de saber perder para que possamos ganhar, de que nos adianta ficar presa a uma história que nunca terá um final feliz? De que nos adianta bater numa tecla que sabemos há muito que está partida? De que nos adianta que aquela pessoa esteja se na verdade não quer estar?

Mereces alguém que te ame por inteiro, que se doe na mesma proporção que tu o fazes, mereces alguém que olhe para ti como se o resto do mundo não existisse e que se sinta feliz só por saber que estás ali.
Mereces alguém que te aceite com todos os teus defeitos, que não tente mudar-te ou sujeitar-te ao que ele considera ideal.
Mereces alguém que te respeite em todos os momentos e não apenas de vez em quando.

Aceita que há lutas que não se podem ganhar, aceita que chegou a hora de colocares um ponto final nessa história vazia de felicidade, aceita que chegou a hora de te amares a ti em primeiro lugar e de exigires ser amada na mesma medida.

Eu sei que dói e que custa, eu sei que ainda tens dentro de ti tantos sonhos que sonhaste com ele e que te custa desistir de os realizar, eu sei que o peito se aperta quando imaginas a tua vida sem ele, que te falta o ar ao saber que nunca mais verás aquele sorriso ou que aquele brilho que ele traz no olhar nunca mais será para ti ou por ti.
Mas confessa-me, quantas vezes te sentiste sozinha mesmo estando ele ao teu lado? Quantas vezes choraste por saber que o amor dele há muito deixou de existir? Quantas vezes disseste a ti mesma que o amor não se pede e logo a seguir foste pedir-lhe um pouco de atenção?

Mereces mais, mereces muito mais.
As histórias de amor só o são quando o amor existe dos dois lados, quando os sonhos e os planos são feitos a dois. Não és uma boneca que se pode por e tirar da prateleira sempre que lhe apetece, não és e não podes ser.

O mundo continua a girar mesmo quando temos o coração completamente partido, mesmo quando achamos que nos perdemos em mil pedaços e que nunca voltaremos a ficar inteiras.
O mundo continua a girar e tu tens de girar com ele, porque algures no teu caminho estará a pessoa certa, aquela que te amara de uma forma completa, sem mas nem porquês e apenas porque sim.

Então liberta-te dessa história que te prende e te deixa mais triste do que feliz, faz o luto por esse amor que há muito deixou de te completar, abre mão dos sonhos e dos planos que no fundo sabes que nunca irão acontecer e coloca-te como prioridade numa relação onde sempre foste apenas a opção.

Bate com a porta e vai ser feliz.
Custa, custa muito. Mas custa muito mais continuares a anular-te e a deixares de ser quem és.
Custa é verdade, mas não te custa quando te olhas ao espelho e vês que és uma sombra do que já foste?
O amor não tira o brilho, pelo contrário, faz-te brilhar ainda mais.
Então deixa a tua estrela voltar a brilhar, confia em ti, liberta-te das amarras mesmo que isso significa atirares o teu coração ao chão e chorares duas semanas seguidas.

No fim vais descobrir que o sol continua a brilhar e que mais vale só do que mal acompanhada...
Vai ser feliz!


Sem comentários:

Enviar um comentário