segunda-feira, 22 de maio de 2017

Faz o que sentes..

Ninguém melhor do que tu sabe o que faz sentido na tua vida, ninguém sabe o que te faz feliz ou o que te completa, então pára de ouvir as opiniões do mundo e segue o teu instinto, ouve o teu coração e vai atrás do que te faz feliz.
Pára de te preocupar com o que os outros esperam que faças ou sejas, ninguém vai vestir a tua pele de manhã, és tu e só tu que terás de viver a tua vida, és tu quem terá de acordar todos os dias para fazer aquilo que escolheres.
Então pára e pensa, queres realmente continuar a acordar infeliz porque estás no caminho que deixaste que os outros determinassem para ti? Queres mesmo fazer isso todos os dias? Estás mesmo preparada para abdicar de quem tu és e do que tu queres só porque não foi essa a imagem que os outros idealizaram de ti?

Não! Ninguém merece viver uma vida na qual não se sente bem, ninguém merece seguir um caminho que não foi o que escolheu, só porque é o que os outros desejam.
Chega, está na altura de fazeres aquilo que sentes, está na altura de mandares as opiniões alheias irem dar uma volta e concentrares-te em ti mesmo, no que tu dizes, no que tu sentes, no que tu queres.
A verdade é que não vais desiludir por mudares de caminho porque a única pessoa a quem tens obrigação de agradar é tu mesmo, és tu que vives a tua vida, que percorres o teu caminho, que sabes o que sentes todos os dias ao seguir passos que não queres seguir, só porque alguém se esqueceu de te dizer que podes traçar o teu próprio caminho, que não faz mal seguir por onde ninguém seguiu, que não faz mal correr atrás de sonhos, que não faz mal seres aquilo que tu quiseres ser.

Pois bem, aqui estou eu a dizer-te tudo o que nunca te disseram. Tu podes ser aquilo que tu quiseres, tu podes fazer aquilo que te faz feliz, tu podes mudar de caminho e correr atrás dos teus sonhos, tu podes ser tu mesma e não a imagem que os outros projectam de ti.
Então pára e escuta-te e depois vai atrás dos teus sonhos, vai ser feliz, porque se tu não lutares pela tua felicidade, ninguém o vai fazer por ti!
Vai à luta!


sexta-feira, 19 de maio de 2017

Eu sei...

Eu sei que está difícil, que sentes um vazio no lugar onde antes batia o teu coração, que parece que essa tristeza  nunca vai passar, que as lágrimas teimam em cair mesmo que as tentes limpar a toda a hora...
Eu sei que pensas que nunca conseguiras voltar a sorrir, que parece que o mundo deixou de fazer sentido, que não consegues sentir mais nada além de dor...
Eu sei que perdeste a vontade de sair da cama de manhã, que os raios de sol passaram a ferir-te os olhos, que o que antes te parecia belo agora não faz qualquer sentido...
Eu sei que dói de uma forma que nem sequer achaste que podia doer, que te falta o ar quando pensas em tudo o que aconteceu, que só tens vontade que o mundo exploda e que ninguém te chateie..

Eu sei..

Mas eu também sei que amanhã o sol voltará a nascer, que o mundo não vai parar de girar, que a dor vai diminuir um bocadinho a cada dia (mesmo que agora aches que não).
Eu também sei que as coisas boas vão voltar a acontecer, que aos poucos vais conseguir recuperar o sorriso, que vais descobrir que o teu coração ainda consegue bater, que a tristeza não dura para sempre e que por pior que esteja a vida, ela pode sempre melhorar.
Eu sei que te consegues reerguer mesmo que te tenhas desfeito em pedaços, eu sei que o amanhã será um bocadinho mais fácil que o hoje e que um dia destes a dor foi embora e já consegues respirar outra vez.
Eu sei que as coisas boas estão algures na esquina da vida e que só precisas de acreditar, de seguir em frente todos os dias, de enfrentar essa tristeza que agora te consome e de permitires que o tempo faça o seu papel.

Tudo continua a ser possível. Não deixes de acreditar, porque quando deres por ti, tropeçaste nas maravilhas da vida e estás pronta para sorrir outra vez..

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Tens que deixar ir...

Às vezes tens que deixar ir, tens que abrir mão e deixar partir quem não quer ficar.
Às vezes tens que atirar a toalha ao chão e perceber que amar não chega, que às vezes por mais que tu ames o mesmo não acontece do outro lado.
Às vezes tens que deixar os sonhos morrerem mesmo que aches que vais morrer com eles, tens que te despedaçar para que talvez um dia consigas voltar a recomeçar.

Não adianta amar, se o outro não sente o mesmo.
Não adianta dares tudo se do outro lado não recebes nada.
Não adianta fazeres planos, traçares metas se quem está ao teu lado não te quer acompanhar no caminho.

Às vezes tens que deixar cair o coração, dizer adeus e fechar a porta.
Tens que matar os sonhos que teimas em sonhar sozinha, dizer adeus ao futuro que imaginaste e deixar partir quem juraste amar para sempre.

Às vezes amar não chega e quando isso acontece tens que respirar fundo, agarrar em toda a tua força e pedir à outra pessoa que vá embora, que faça o seu caminho e que seja feliz.

Vai doer, vai doer tanto que parece que te falta o ar de todas as vezes que tentares respirar.
Vai doer tanto que vais achar que o teu coração nunca mais conseguirá bater de novo, vai doer como se te tivessem arrancado um pedaço... porque na verdade arrancaram..
E vais chorar e tentar perceber em que momento perdeste aquele amor ou o que poderias ter feito de forma diferente, mas a verdade é que às vezes as coisas não estão simplesmente destinadas a ser.

Não te contentes em viver pela metade, não te contentes em não ser amada só porque achas que amas pelos dois, não te contentes em não ter a vida com que sonhaste.
O amor só faz sentido quando é vivido a dois..
E quando não é, vale mais respirar fundo e fechar a porta, mesmo que doa muito.. e eu sei que vai doer...

Tu mereces mais, tu mereces todo o amor do mundo! Não te contentes com menos do que isso...


segunda-feira, 15 de maio de 2017

Abre o teu coração...

Abre o teu coração, procura a chave com que o trancaste há tanto tempo atrás e volta a deixar entrar o sol.
Nem todas as pessoas que passam na tua vida são iguais, nem todas as pessoas te vão magoar, nem todas as pessoas te vão despedaçar o coração e te deixar sem ar, sem alma, sem chão.
Destranca o coração porque algures por ai está aquela pessoa especial, aquela que quer realmente ficar, que quer realmente fazer parte da tua vida, que vem para somar e não para subtrair, que está disposto a dar-te tanto como tu a ela.
Destranca o teu coração e permite que as pessoas voltem a entrar, que se acomodem sem teres medo que decidam partir, que te dêem o que têm de melhor, que te ensinem as suas lições sem que tenhas medo de as aprender.

Talvez o amor ande mais perto do que tu julgas e tu não o vês porque enclausuraste o teu coração com medo de o ver partido outra vez, porque o encheste de grades e fechaste todas as portas e janelas, porque achaste que essa era a melhor maneira de não sofrer outra vez.

Olha à tua volta e vê quantas pessoas passaram sem que tu te permitisses vê-las, quantas continuam à tua espera, quantas a vida levou de volta a ti.

Já chega de te esconderes com medo do mundo, está na hora de deixares o coração bater novamente, de lhe tirares as correntes e aprender o que a vida te quiser ensinar. Não vai ser sempre fácil mas tu já aprendeste que aconteça o que acontecer é sempre possível sobreviver.

Então vai lá procurar a chave, abre o teu coração e permite-te ser feliz.
O mundo está cheio de pessoas maravilhosas, descobre-as!


sexta-feira, 12 de maio de 2017

Manda embora essa tristeza...

Pára, pára, pára.
Limpa essas lágrimas, manda embora essa tristeza, esquece essa vontade de desaparecer.
Tens tanto potencial e ainda tantas coisas por fazer, não podes simplesmente desistir,
Eu sei que a vida não é fácil, eu sei que tens tido uma sucessão de dias maus, eu sei que por mais que tentes parece que nada corre bem.

Mas vá lá, tenta outra vez, um passo de cada vez, uma tentativa de cada vez.
Nem todos os dias serão maus, nem todos os dias as coisas irão falhar.
Vá lá, recupera essa fé e volta a acreditar que os dias bons estão logo ali ao virar da esquina, que só tens que continuar a tentar e que tudo continua a ser possível.
Vá lá, chega de deixares as lágrimas dominarem os teus dias, de ficares sentada sem tentar novamente, de veres a vida passar sem que faças nada para a mudar.

Levanta-te, volta a apreciar a beleza do sol.
Sai para a rua e volta a sentir o vento na cara,
Escreve os teus planos e começa a realiza-los.
Vá lá, volta a acreditar que as coisas podem dar certo, manda a tristeza embora, recupera o teu sorriso e parte para a luta.
Tens o mundo à tua espera, tens tantas capacidades que ainda nem tu descobriste e mil hipóteses à espera que as faças acontecer.

Então chega, chega de tristeza, de desilusão e de desanimo.
Hoje muda tudo outra vez, hoje voltas a acreditar em ti , hoje voltas a pegar nas armas e a partir para a batalha, hoje voltas a assumir o controlo da tua vida.
Vá, vai lá conquistar o mundo!


quarta-feira, 10 de maio de 2017

Sonha grande!

Porque limitas os teus sonhos aos teoricamente possíveis?
Quem te disse que havia limites para sonhar?
Quem te disse que os sonhos tinham de estar à distância de dois passos e não de uma estrada inteira?

Sabes uma coisa?
Não há sonhos demasiado grandes, nem demasiado impossíveis, nem nada dessas coisas que a sociedade gosta de dizer.
E sabes outra? Não faz mal nenhum ser um sonhador, não faz mal nenhum acreditar em coisas em que os outros não acreditam e em lutar por coisas que os outros consideram ser muito difíceis.
Pára de limitar as tuas opções, só porque aparentemente as coisas estão demasiado longe para se tornarem reais.

Provavelmente quando o Bill Gates era pequeno, também lhe diziam para parar de sonhar e se concentrar na realidade e olha onde ele chegou, olha tudo o que conseguiu criar. Imagina se ele tivesse parado de sonhar ou se ele tivesse acreditado que o seu sonho era demasiado grande para ser sonhado. Seria tudo diferente hoje em dia...

Então deixa-te de desculpas, deixa de colocar travões a ti mesmo, solta a imaginação, define o teu plano e vai à luta. O mundo está cheio de hipóteses à espera de acontecerem.

Hoje é o teu dia.
Sonha grande, atreve-te!







segunda-feira, 8 de maio de 2017

E se...

E se o amanhã não chegar?
Fizeste tudo o que querias fazer?
Disseste tudo o que querias dizer?
As pessoas que amas sabem que as amas?
Serás recordada como sempre quiseste ser ou perdeste-te pelo caminho?
Ainda és a pessoa que querias ser?
Lutaste pelos teus sonhos?
Correste atrás dos teus objectivos?
Deixaste a tua marca no mundo?
As pessoas terão um sorriso quando se lembrarem de ti?
A palavra com que te definirão é a palavra com que te definirias?

Passamos tanto tempo a pensar no amanhã que nos esquecemos do hoje, esquecemo-nos de fazer as coisas que podíamos fazer, de dizer as coisas que podíamos dizer, de abraçar quem podíamos abraçar.
Mas e se o amanhã não chegar?

Chega, chega de adiares os teus sonhos.
Chega de calares as palavras que devias dizer só porque andas sempre demasiado ocupada, perde 5 minutos do teu tempo e liga para todos os que amas, diz-lhes que gostas deles, que são importantes, que fazem a tua vida mais feliz,
Deixa de adiar aquele café ou aquele jantar com aquela amiga que não vês há tanto tempo, pega no telefone e marca o encontro.
Chega de deixar tudo para depois e de não viveres nada do que devias fazer.

A tua vida começa hoje, vive-a... porque amanhã nunca se sabe...


sexta-feira, 5 de maio de 2017

Não deixes de acreditar!

Não deixes de acreditar que vale a pena, que pode dar certo, que mereces o mundo.
Não deixes de acreditar no teu valor, nos teus sonhos, naquilo que mereces.
Tens todo o direito de estar magoada, ferida, de querer chorar enrolada na cama.
Tens todo o direito de gritar de dor, de maldizer o mundo, de querer estar sozinha.

Mas não deixes de acreditar em ti, não deixes que essa dor te roube os sonhos e a esperança, não deixes que quem te fez mal leve a melhor e te consiga roubar a alma.
Chora, sofre, disseca essa dor. Mas percebe que o erro não foi teu, que não foste tu que falhaste, que ninguém obriga ninguém a ficar, que às vezes temos de sofrer para deixar partir e esperar que coisas melhores cheguem.
Porque acredita, elas vão chegar. A dor que sentes hoje vai diminuir até desaparecer, as nuvens que vês hoje vão voltar a dar lugar ao sol, as coisas boas vão voltar a surgir. Só precisas de continuar a acreditar, em ti, no teu valor, naquilo que mereces, nos teus sonhos e em tudo o que está por vir.

Então chora tudo o que tens que chorar, grita tudo o que tens que gritar, esconde-te no teu canto o tempo que te quiseres esconder e depois respira fundo que o mundo continua a girar lá fora, limpa as lágrimas, sacude a poeira, agarra nos teus sonhos e volta a viver.

Acredita em ti, tu vales a pena!


quarta-feira, 3 de maio de 2017

Não importa...

Porque te importas tanto com o que os outros pensam?
Porque deixas que as opiniões dos outros moldem a forma como vives a tua vida?

Por acaso são eles que calçam os teus sapatos e percorrem os teus caminhos? São eles que vivem as tuas dores, que sentem as tuas lágrimas, que ficam com a alma apertada quando as coisas te acontecem?
São eles que pagam as tuas contas ou que se levantam todas as manhãs para viver a tua vida?

Porque deixas de fazer o que queres com medo do que os outros vão pensar ou dizer? O que importa o que os outros dizem ou deixam de dizer? O que importa se eles não acharem bem aquilo que tanto queres fazer, o que importa se decidirem falar coisas parvas sobre a tua vida?

Deixa-me dar-te uma novidade. Nunca vais agradar toda a gente e no meio de tanto tentares acabas por desagradar a única pessoa que realmente importa, TU!
Não consegues ver as oportunidades que perdes só porque pensas demais na opinião dos outros? Não consegues perceber que acabas por deixar de ser tu mesma para seres apenas o que os outros esperam que sejas?
Deixa-me dar-te outra novidade, as pessoas vão falar sempre, se não for de ti é da vizinha que tem a coragem de viver sem se importar com a língua alheia e um dia vão-se fartar dessa vizinha e falar da outra e depois da outra e se calhar até de ti, que és tão perfeita que deves ter um segredo sórdido escondido.

Deixa-os lá falar, não te preocupes com o que dizem ou deixam de dizer, preocupa-te contigo, com o que queres, com o que sentes e vai viver, vai fazer tudo o que sempre quiseste, pinta o cabelo de azul se te apetecer.
Porque a língua dos outros é isso mesmo dos outros, já a vida, é tua e só tu podes vivê-la de forma a ser feliz.
Faz-te ao mundo que ele está à tua espera!


segunda-feira, 1 de maio de 2017

Sem medo!

Que medo é esse que te invade, que te paralisa, que te impede de seguir em frente?
O que é isso que de repente te travou os sonhos, te fez perder as metas de vista e pregar os pés ao chão?

Não é porque o ontem deu errado que o amanhã também vai dar, não é porque falhaste algumas vezes que vais falhar todas, não é porque te perdeste no caminho que não vais achar a estrada certa.
Ninguém acerta à primeira, ninguém acorda a saber todo o percurso que tem que fazer, ninguém sabia que aquele era o caminho certo até se ter atrevido a caminhá-lo.
Está bem, algumas pessoas acertaram mais rápido do que tu, algumas pessoas já realizaram 50 metas e tu ainda não chegaste ao fim da primeira.
Está bem que não estás onde sonhaste estar quando tinhas 10 anos de idade e te perguntavam o que ias fazer quando fosses crescido mas e depois? Vais desistir só porque a vida te trocou as voltas e te colocou outros caminhos pela frente? Talvez não estejas onde sonhaste mas já viste o que aprendeste com os caminhos que percorreste? Já reparaste que a pessoa que és hoje foi moldada por esses caminhos? Já olhaste para o que conquistaste mesmo sem te teres dado conta?
Sim está bem, ainda não tens casa própria, não achaste a tua princesa encantada, não tens 5 filhos e nem sequer um emprego digno para chamar de teu.
Sim, está bem, chegas ao fim do mês com a conta no vermelho, moras com os teus pais quando todos os teus amigos já moram sozinhos e nem sequer vês uma luz de independência à tua frente mas e o resto?
O bem que fazes todos os dias, as ideias que te arriscas a ter, os caminhos que percorres mesmo que ninguém veja?
Só porque ainda não vês a luz ao fundo do túnel não quer dizer que ela não está lá, só porque a tua vida não é o que achaste que seria não quer dizer que não seja feita de pequenas conquistas, só porque ainda não atingiste as tuas metas não quer dizer que não as vais conseguir atingir.

Vá lá, manda o medo pela janela, tira os pés do chão e volta a caminhar. Recupera a tua fé, acredita no teu valor e continua a tua luta, talvez a vitória esteja já ali ao virar da esquina, desta, da próxima, da outra, quem sabe?
Acredita em ti, nos teus sonhos e na fé que te move.
Pode ser difícil atingir os objectivos a caminhar mas é impossível atingi-los parado.
Então faz-te ao caminho, deixa o medo de lado, agarra nos teus sonhos que vai dar tudo certo.